Templo de Edfu

Templo de Edfu

Dedicado ao deus Horus, o Templo de Edfu é um dos maiores do Egito (o maior depois do Templo de Karnak) e um dos mais bem conservados do país.

As paredes do templo possuem numerosas figuras, inscrições e hieróglifos que proporcionam informações sobre a época na qual foi construído, aportando detalhes não apenas sobre o templo, mas também sobre a mitologia, a região e a forma de vida no Egito Antigo

Um sobrevivente

Após a proibição do culto de imagens no cristianismo, no ano 391, o Templo de Edfu foi atacado pelos cristianos, que destruíram grande parte de seus relevos para acabar com qualquer registro de suas imagens religiosas. 

O templo permaneceu enterrado debaixo de mais de 12 metros de areia do deserto durante anos. Além disso, sobre ele foram construídas casas que o protegeram até 1860, ano em que começaram os trabalhos arqueológicos para desenterrá-lo. Por esses motivos, conservou-se praticamente à perfeição.