Dinastias do Egito

Dinastias do Egito

Na história do Egito, estabeleceram-se 30 dinastias, que vão do ano 3100 a.C. até 332 a.C. Podem-se classificar em diferentes períodos.

Época Tinita (ou Período Arcaico)

Compreende as duas primeiras dinastias e abarca do ano 3.100 ao 2.650 a.C. A primeira dinastia começa com a unificação do Egito pelo rei Menés.

Império Antigo

O Período Antigo do Egito vai do ano 2.635 ao 2.155 a.C. Esse período, conhecido como a “era das pirâmides”, abarca da III à VI dinastia.

Durante as dinastias III e IV, o Egito viveu uma época dourada, sem guerras, onde todos trabalhavam para satisfazer ao faraó.

Nessa época, construiu-se o complexo funerário de Mênfis, em Saqqara, com a famosa pirâmide de degraus. Posteriormente, construíram-se as 3 grandes Pirâmides de Gizé: Quéops, Quéfren e Miquerinos. Também foi construída a pirâmide de Saqqara, por ordem do rei Unas.

Durante a VI dinastia, o poder dos faraós diminuiu e a unidade do país começou a desaparecer. Até a X dinastia e durante mais de cem anos, houve dezenas de faraós que não souberam conduzir o país.

Durante as dinastias IX e X, a capital do Egito foi Ihnasia.

Império Médio

O Império Médio se desenvolveu entre os anos 2061 e 1785 a.C. e abarca as dinastias XI e XII. O início do período é marcado pela instituição de Tebas como capital do Egito.

Durante esta época, o Egito estendeu suas fronteiras, conquistando parte da Núbia. Posteriormente, ao não resistir aos ataques dos hicsos, cederam o poder a eles. Os hicsos, vindos da Ásia, tornaram Avaris a capital do Egito durante duas dinastias e governaram o império entre as dinastias XIII e XVII.

Império Novo

Compreendido entre os anos 1551 e 1080 a.C., o Império Novo engloba as dinastias XVIII a XX.

A XVIII dinastia começa com a expulsão dos hicsos em direção a Kadesh pelo rei Ahmosis, que havia mantido seu poder em Tebas. Com a expulsão dos hicsos, Tebas volta a ser a capital do Egito.

Os faraós mais importantes do período foram Tutmósis III (o Napoleão do Oriente), Amen-hotep III e Ramsés II.

Durante o reinado de Ramsés II, o Egito conquistou a Núbia e construiu os templos de Abu Simbel. Ramsés II viveu quase 100 anos e teve mais de 180 filhos. Com sua morte, sucessivos Ramsés foram deteriorando o Egito e perdendo a grandeza anteriormente conquistada.

Dinastias posteriores

Do ano 1080 ao 332 a.C, sucederam-se as dinastias de XXI a XXX. Nessa época, o país fragmentou-se e a capital mudou para Tânis e depois para Bubástis.

No ano 525 a.C., o Egito foi invadido pelos persas e ficou sob o domínio desses até a conquista do território por Alexandre Magno. É assim que começa o Período Greco-Romano.