Mênfis

Fundada por volta de 3100 a.C., Mênfis (Memphis, Memfis) foi a primeira capital do país desde a unificação até o Primeiro Período Intermediário, no ano 2040 a.C. A cidade foi fundada por Menes, o primeiro faraó do Egito.

Durante seus mais de 3.000 anos de história, Mênfis foi um importante centro político e religioso e lugar de veneração ao deus Ptah, além de ser a cidade de coroação dos faraós.

No Médio Império, Mênfis era conhecida como "a Balança das Duas Terras", por ser o lugar mais importante do país e também por estar localizada entre o Alto e o Baixo Egito. Acredita-se que foi a cidade mais povoada do mundo até o ano 2250 a.C.

No ano 2240 a.C, Tebas, atualmente Luxor, a substituiu como capital do Egito. Os séculos se passaram e, em 331 a.C, com a fundação de Alexandria, Mênfis começou a perder importância e, no ano 641, ficou abandonada. Os seus restos foram utilizados na construção do Cairo

Na região onde ficava a antiga Mênfis, 19 quilômetros ao sul do Cairo, hoje se encontra a aldeia Mit Rahina, que abriga o Museu de Mênfis.

Museu de Mênfis

Atualmente, Mênfis é considerada um museu a céu aberto, onde se encontram dezenas de relíquias do país, destacando-se duas das estátuas mais importantes do Egito.

  • Colosso de Ramsés II: Apesar da falta de duas pernas, a estátua mede 13 metros de altura e nela se pode observar todo tipo de detalhe. Na nossa opinião, é uma das jóias do país.
  • Esfinge de Alabastro: Esculpida a partir de uma única peça de alabastro, essa esfinge mede 4 metros de altura, 7 metros de largura e pesa 80 toneladas. Devido às suas feições e outros detalhes, acredita-se que representa a rainha Hatshepsut.

Sem pena e nem glória

Na nossa opinião, o que mais vale a pena de Mênfis é a estátua colossal de Ramsés II. No entanto, como a visita a Mênfis sempre é feita junto com a de Saqqara, onde foram construídas as primeiras pirâmides, acaba sendo uma opção interessante conhecer as duas cidades no mesmo passeio. 

Se você quiser fazer a visita com um guia de língua portuguesa para não perder nenhuma informação, consulte a nossa excursão às Pirâmides de Gizé, Mênfis e Saqqara.