Luxor

Luxor encontra-se a 700 quilômetros ao sul do Cairo. A cidade tem quase 500 mil habitantes e vive basicamente do turismo e da agricultura.

A cidade teve vários nomes. Os antigos egípcios a chamavam de Uast, que significava “cetro”. Os gregos a denominaram Tebas, pela semelhança com a cidade grega de mesmo nome. Posteriormente, os árabes batizaram-na como Luxor, que significa “palácios com mil portas”.

Quando ainda se denominava Tebas, Luxor foi a capital do antigo Egito durante mais de 1500 anos. Antes de Luxor, a capital era Mênfis e, depois, Alexandria.

Em Luxor, está concentrado o maior número de monumentos do Egito. Alguns exemplos são o templo de Luxor e de Karnak, o Vale dos Reis e das Rainhas, e os Colossos de Mêmnon.

Luxor é uma cidade pequena, que se pode percorrer comodamente tanto de táxi quanto de charrete. Embora o transporte puxado por cavalos dê uma atmosfera especial ao passeio, não podemos descartar o táxi, principalmente se tivermos pouco tempo disponível.